O grupo de serviços em saúde Fleury comunicou que sofreu na terça-feira (22) um ataque cibernético em seu ambiente de tecnologia da informação, que resultou em indisponibilidade em parte de seus sistemas e operação.

 

Em seu site, o Fleury informava na manhã de quarta-feira (23) que seus sistemas permaneciam indisponíveis. Não era possível consultar a área de resultados de exames, por exemplo.

 

Em comunicado à CVM (Comissão de Valores Mobiliários), o Fleury disse que estava atuando para mitigar os efeitos causados e avaliando a extensão do incidente. Também afirmou que adotou medidas para manter o atendimento aos clientes por meio de soluções de contingência.

 

O grupo Fleury é uma das maiores redes de laboratórios do país, com 242 unidades de atendimento em 8 estados e no Distrito Federal. Além disso, presta serviços a diversos hospitais, como Sírio-Libanês, Beneficência Portuguesa, Samaritano, Oswaldo Cruz, A.C. Camargo, Moinhos de Vento e Mãe de Deus.

 

O grupo tem ações listadas na bolsa de valores brasileira, a B3, desde 2009.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original