O Google vai usar processadores projetados internamente na próxima versão do celular Pixel que será lançado no final deste ano, abandonando chips da Qualcomm que equipavam os aparelhos da companhia há mais de 15 anos.

O processador do Google, chamado de Tensor, vai equipar os smartphones Pixel 6 e Pixel 6 Pro, anunciou a companhia sem dar detalhes.

As ações da Qualcomm, maior projetista de chips para dispositivos móveis do mundo, tinham leve queda de 0,2% após o anúncio.

No ano passado, a Apple começou a usar seus próprios chips em seus computadores Mac, afastando-se da Intel.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original