O exército da Rússia realizou recentemente exercícios militares com paraquedas no qual cachorros saltaram junto com soldados. O objetivo do treinamento seria simular um pouso em uma zona de batalha em que seria necessário levar o animal.

O equipamento desenvolvido pelo Grupo Technodinamika suporta cães de até 45 kg mais o peso do corpo do militar. Até o momento, os testados foram feitos em saltos a até 3,9 km de altura.

 

 

“Os testes preliminares não revelaram quaisquer desvios ou resultados negativos. Um cão se comporta adequadamente após um salto aéreo e está pronto para realizar as tarefas atribuídas ao pousar”, destaca Alexey Kozin, designer-chefe de paraquedas da Technodinamika, em entrevista à Agência Tass.

Os cães se adaptaram bem ao paraquedas e, de acordo com a empresa, enquanto estão no avião eles observam bastante o solo e as nuvens. Quando estão perto de tocar o chão, eles movem rapidamente as patas em sinal de preparação para o pouso.

 

Leia mais: Estônia testa ônibus autônomo movido a hidrogênio

 

O equipamento está sendo testado no Centro de Testes de Voo Estatal do Ministério da Defesa da Rússia, e a expectativa é de que ele comece a ser utilizado pelo país já em 2022.

 

Além dos paraquedas, a Technodinamika está desenvolvendo também dispositivos de oxigênio que vão ser usados pelos animais em saltos de até 8 km de altitude nos próximos meses.

 

 

*Estagiário do R7 sob supervisão de Pablo Marques

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original